Sobre o Artista
Pautado por mais 30 anos de dedicação às artes, Alaim Moreira Lima é um artista plástico dinâmico que acredita que a arte é uma manifestação importante demais para se limitar a um quadro em um museu ou decorando uma sala.

Clique aqui para fazer o download do currículo profissional.

Biografia

 

Alaim Moreira Lima nasceu em São Luis-MA, no ano de 1967. Entrando muito cedo em contato com a arte, pois sua mãe, que foi educada na extinta Casa Providência (especializada na educação formal e doméstica), teve aulas de pintura e dedicava-se a fazer trabalhos manuais. Ainda em sua infância, Alaim brincava com seus pinceis sujos de tinta e encantava-se com o colorido em suas mãos.

 

Estudou no colégio Batista, que já na época tinha a preocupação em trabalhar a arte e a educação lado a lado. Alaim se destacava em suas tarefas artísticas, sempre buscando alternativas e, dessa maneira, desenvolvia o processo natural da criação.

 

Começa a sua vida artística estudando escultura em 1987, descobrindo o início de uma carreira que passaria por vários segmentos das artes. No ano de 1989 faz a sua primeira oficina de Xilogravura no Centro de Criatividade Odylo Costa filho. No mesmo ano, dedica-se à pintura em tela com o professor Ambrosio Amorim (1922-2003).

 

Volta a estudar escultura no ano de 1990; Faz oficina de tridimensionalidade em 1992 com João Gutemberg, do Parque Lages-RJ; Em 1993 estuda desenho anatômico com Mônica Lira - RJ e, com ela, monta um pequeno atelier de pintura resultando em várias exposições.

 

Nos anos seguintes dedica-se ao estudo de linguagens de materiais, fotografia, gravura em metal e outros, terminando o primeiro ciclo de busca em sua vida artística.

 

No teatro, durante 7 anos, destacou-se como diretor geral do espetáculo da Paixão de Cristo de Pinheiro-MA, composto por 280 atores, onde também criou e executou cenário e figurino.

 

Com o aprofundamento na meditação, no ano de 1996, trabalha a concentração e a criação e o seu processo, utilizando técnicas desenvolvidas através da Energia Universal e Humana, conscientizando-se que é preciso estudar, mesmo já tendo percorrido um vasto caminho com exposições, salões, bienais, projetos e movimentos artísticos.

 

Ilustra o livro “ensaios Afromaranhenses” da Profª Drª Lusia Navas-Turibio (USP) e é convidado por ela para fazer uma exposição com as aquarelas que fazem parte do mesmo, em Santiago de Cuba - Cuba.

 

Em outubro de 1999, depois de uma bateria de avaliações é chamado para cursar Ensino Superior Das Artes Plásticas em Cuba. Mais tarde, no ano de 2000, seu curso é reconhecido pela Universidade de São Paulo (USP), obtendo o título de Bacharel em Artes Plásticas com habilitação em Pintura.

 

De volta ao Brasil, Alaim aprofundou suas pesquisas na cultura popular chegando ao Carnaval, onde trabalhou como carnavalesco na criação e execução de fantasias e adereços, contribuindo para um maior desenvolvimento de várias escolas de samba no Maranhão.

 

Com especialização em Arteterapia (FACAM – RJ), vem desenvolvendo trabalhos com doentes mentais, usuários de drogas, crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

 


 

 

Palavra do Artista

 

A arte está na veia desde a infância. Aprendi a gostar de arte admirando minha mãe, que já desenvolvia um trabalho com pintura em tecido. Mais tarde estudei pintura, escultura e gravura em vários ateliês e com diferentes artistas, como Ambrósio Amorim, Mônica Lira, Rita Queiroz e outros.

 

Como primeiro projeto, saí do Maranhão para Porto Velho (RO) com o propósito de passar 15 dias ministrando aulas de escultura em cerâmica e acabei ficando 3 meses ministrando aulas na "Galeria Arte7", vinculada ao Governo Municipal. Voltando ao Maranhão, desenvolvi vários projetos.

 

Com a ilustração que fiz para o Livro "Ensaios Africanos e Afro Maranhenses", da Profª. Drª. Luzia Navas-Toribio (USP-SP), lançado em Cuba, conheci e me apaixonei pela cultura cubana, o que me levou a fazer entrevistas e apreciação de currículo para estudar arte naquele país.

 

Seis meses mais tarde, fui chamado para estudar Ensino Superior das Artes Plásticas no Centro Provincial das Artes Plásticas no "Taller Cultural Luiz Diaz Oduardo" em Santiago de Cuba. Aprendi, pesquisei e descobri uma maneira muito peculiar de se fazer arte que valoriza o processo de criação, adaptação e transformação de materiais: a cologravura. Isso em um país tão rico em arte e cultura, mas carente em material, suporte e equipamentos. Foi graças aos companheiros cubanos, que através de seus ensinamentos me levaram a desenvolver e introduzir a técnica da cologravura aqui no Maranhão.

 

Voltei formado de Cuba no ano 2000. Mas como todo diploma estrangeiro, era necessário reconhecê-lo aqui no Brasil. Foi através da ECA-USP que, consegui validá-lo aqui no país sob o título de "Bacharel em Artes Plásticas com Habilitação em Pinturas". Esse foi o único convênio aceito e legalizado entre Brasil e Cuba na área das Artes.

 

Hoje sou especialista em arteterapia e todo o meu trabalho é um reflexo da metodologia terapêutica.

 


 

 

Entrevista com Alaim

 

Em breve.


Estatísticas:
web counter


Site desenvolvido pela

Agência w86



alaimmoreiralima.com - © 2017
Todos os direitos reservados